terça-feira, 21 de dezembro de 2010

A Hipocrisia do Natal


Pergunte a uma criança o que ela entende por Natal, certamente ela responderá algo relacionado a presentes. Para mais quantas pessoas Natal significa só ‘presente’?  Aposto que para muitas, infelizmente.
Estou em dúvida se fico totalmente indignada com as pessoas que resolvem fazer algo de bom apenas e somente em Dezembro, por causa daquela coisa de ‘espírito natalino’ ou se eu fico até feliz porque pelo menos uma vez por ano alguém faz o bem.
Odeio o Natal. É tudo falso. Decoração falsa. Sorrisos falsos. Abraços falsos. Caridade falsa. Bondade falsa. Neve falsa, e pelo amor de Deus, no Brasil é verão!
Digo-lhes uma coisa, há crianças durante 365 dias passando fome e não apenas 31 dias do ultimo mês do ano.
Enquanto você abre seu vídeo-game de ultima geração, ali, do lado de fora, há uma criança que daria um braço por meio pão velho.
Ao invés de cear com a família comendo do bom e do melhor, eu preferia estar distribuindo comida na madrugada para quem não tem uma migalha, ao invés de receber presentes que uma semana depois têm como destino o lixo, eu preferia estar na companhia de crianças carentes fazendo-as sorrir e mostrando-lhes o que é Natal, ao invés de ter que abraçar parentes que me destroem pelas costas, eu preferia estar fazendo o bem para alguém que realmente precise.
É isso que você vai ensinar aos seus filhos?

Um comentário: